Dólar sobe discretamente enquanto aguarda payroll

SÃO PAULO, 8 de janeiro de 2010 - O dólar sobe discretamente nas primeiras horas do dia, com os mercados mundiais em compasso de espera pela divulgação dos dados sobre o mercado de trabalho norte-americano. É esperado que a taxa de desemprego permaneça estável em 10% ao ano e o payroll, que mostra o número de vagas criadas nas empresas, deve registrar estabilidade após 23 meses de cortes nos postos de emprego. Instantes atrás, a moeda estrangeira avançava 0,17%, vendida a R$ 1,748.

Em relatório, a Gradual Investimentos lembra que a evolução do payroll descreve com precisão a magnitude que a crise financeira afligiu a economia dos EUA. "O mercado de trabalho norte-americano é o mais recente foco de atenção dos economistas, uma vez que o Federal Reserve (Fed, Banco Central) tem reiteradamente apontado que a política monetária expansionista só deve ser revertida - ou seja, uma elevação na taxa de juros - caso o emprego volte aos cidadãos norte-americanos", avalia.

Na Europa, a revisão do Produto Interno Bruto (PIB) apontou para o fim da recessão técnica. No terceiro trimestre de 2009, a economia da zona do euro cresceu 0,4%, na comparação com os três meses anteriores.

(Simone e Silva Bernardino - Agência IN)