IPC desacelera para 0,09% na segunda medição do mês

SÃO PAULO, 19 de outubro de 2009 - O Índice de Preços ao Consumidor (IPC) na cidade de São Paulo, medido pela Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe/USP), teve variação de 0,09% na segunda quadrissemana de outubro, inferior ao índice da primeira prévia do mês, que foi de 0,12%.

Os grupos que apresentaram variação positiva entre a primeira e a segunda quadrissemana de outubro foram Habitação (de 0,38% para 0,39%) e Transportes (de 0,42% para 0,52%). Os grupos que apresentaram variação negativa foram Despesas Pessoais(de 0,34% para 0,22%), Saúde (de 0,67% para 0,65%), Vestuário (de 0,66% para 0,65%) e Educação(de 0,08% para 0,06%). O grupo de Alimentos segue apresentando deflação, variando mais uma vez de forma negativa(de -0,88% para -0,93%).

O IPC mede a variação dos preços de produtos e serviços usualmente consumidos no município de São Paulo por famílias com renda mensal até 20 salários mínimos.

(Gabriel Ferreira Nunes - Agência IN)