GM mantém preço do Astra

Antonio Puga , Jornal do Brasil

RIO - Enquanto não lança no Brasil o Cruze, em substituição ao hatch médio Astra, a General Motors aproveitou para fazer um facelift do modelo atual. Externamente as mudanças são praticamente imperceptíveis, como nova roda de liga leve aro 16, farol de neblina, ponteira do escapamento cromada no formato oval.

No interior, o que mais chama a atenção é o novo fundo painel, agora branco, e os bancos em tecido aveludado, retrovisor eletrônico, regulagem da altura dos faróis. Mas a grande novidade mesmo é a marca ter mantido o preço atual do veículo, R$ 44.389. Também a motorização do Astra é a mesma, isto é, 2.0 litro, bicombustível, 133 cv de potência abastecido com gasolina e 140 cavalos usando álcool.

Com isso, o hatch deve continuar tendo um bom nível de vendas de janeiro a junho foram 13.346 unidades comercializadas além de disputar com os veículos de seu nicho, Golf (VW), Focus(Ford), Stilo (Fiat), 307(Peugeot), Tiida (Nissan) entre outros, um pacote bem completo de itens de série. Fator importante dentro do mix, onde o maior atrativo é a relação custo-benefício.

Lançado há 10 anos, e com mais de 300 mil unidades vendidas, o hatch deve ser substituído em breve pelo Cruze. No entanto, o diretor de Marketing da General Motors, Gustavo Colossi, nega o fim da produção do modelo. Segundo ele, o consumidor não corre o risco de comprar um veículo que em um futuro próximo deixará de ser fabricado.

Temos um projeto de um carro novo, isto não significa que o Astra será tirado de linha. Até porque, existe uma grande procura por parte do consumidor. Fizemos clínicas com compradores do hatch, e ele continua despertando o interesse de compra. Tanto que as modificações adotadas são resultados deste trabalho junto ao consumidor explica o executivo.

Opcionais

O novo Astra na verdade incorporou vários itens de conforto existente na configuração Elegance, caso do ar condicionado digital e controle automático da temperatura. já quem se dispõe a pagar mais para ter a versão top de linha, que conta com câmbio automático de quatro velocidades, piloto automático, airbag duplo (opcional no modelo de entrada) e aerofólio traseiro, terá de desembolsar R$ 50.240 (hatch) e R$ 51.505 (sedã).

Apesar de oferecer um carro bastante completo, mesmo na versão de entrada, é possível personalizar o carro. A lista conta desde itens de conforto, como geladeira, cabide, adesivos refletivos das portas, tapetes de borracha personalizado, até lanternas fumê, farol máscara negra, protetor de soleira das portas, além de som.

Outros dois acessórios podem também integrar o modelo, GPS (que até algum tempo era de série no Vectra GT, hoje virou equipamento opcional) e sensor de estacionamento traseiro.