Argentina buscará acesso a mercados voluntários de crédito

REUTERS

BUENOS AIRES - O novo ministro da Economia da Argentina, Amado Boudou, afirmou nesta sexta-feira que o governo buscará acesso aos mercados de crédito voluntário.

- Nós vamos aos mercados voluntários de crédito. Estamos trabalhando em muitas medidas relacionadas a isso - disse ele a uma rádio local.

Ele acrescentou que a Argentina, que tem estado fora dos mercados globais de crédito desde que decretou moratória em 2002, manterá seu superávit fiscal em 2009.