Ribeirão Preto distribuirá folhetos na Agrishow

RIBEIRÃO PRETO, 29 de abril de 2009 - Preocupada com a rápida disseminação da Gripe Suína no México, Estados Unidos e Canadá, e que coincide com o período de realização da Agrishow, evento que atrai delegações de vários países para Ribeirão Preto, a prefeita Dárcy Vera reuniu-se nesta terça-feira, dia 28, com profissionais da saúde para traçar ações que possam orientar a população sobre a doença, informou a assessoria de imprensa da prefeitura.

Durante o encontro ficou definida a impressão de 100 mil folhetos, com versões em português, inglês e espanhol, que serão distribuídos em hotéis, Agrishow, aeroporto e rodoviária, com o objetivo de orientar a população e visitantes sobre os principais sintomas, prevenção, e orientação para atendimento.

A partir desta quarta-feira, na Agrishow, haverá também um estande especial para orientar as delegações do México, Canadá e Estados Unidos e obter dados sobre os visitantes como forma de prevenção, mesmo sabendo que estas delegações já foram avaliadas no aeroporto em São Paulo.

O conteúdo dos folhetos partiu de um consenso entre representantes da Vigilância Epidemiológica da Secretaria de Estado, membros da USP, Hospital das Clínicas, Faculdade de Medicina, Instituto Adolfo Lutz e Secretaria Municipal da Saúde.

O grupo informou que,em caso de pandemia da gripe suína, o Hospital das Clínicas possui três leitos de isolamento respiratório, seguindo os padrões internacionais, e 16 leitos de retaguarda, localizados no campus local da USP, para o atendimento de infectados.

A Secretaria Municipal da Saúde também disponibiliza o telefone 0800.770.11.60 para orientar a população e também registrar as pessoas que estiveram fora do País nos últimos dez dias e que possam ter visitado áreas endêmicas. Diante de qualquer sintoma suspeito, a Secretaria Municipal da Saúde pede que a população procure a Unidade Básica de Saúde mais próxima.

Dárcy Vera afirmou que, mesmo não existindo nenhum caso confirmado no Brasil, apenas suspeitos, a situação é preocupante e ela tem como dever agir de forma preventiva. A prefeita aproveitou para lembrar às pessoas com mais de 60 anos que não deixem de tomar, gratuitamente, a vacina contra a gripe, em qualquer unidade de Saúde.

(InvestNews)