Bancos pedem cancelamento da dívida externa, diz jornal

SÃO PAULO, 10 de fevereiro de 2009 - As empresas privadas que realizam empréstimos na Rússia pediram ao governo local para que renegocie com bancos estrangeiros, principalmente europeus, o cancelamento de empréstimos de até US$ 400 bilhões, segundo informa hoje a edição do jornal econômico japonês Nikkei.

Os interessados fizeram propostas ao governo russo e aos bancos estrangeiros, incluindo o HSBC e o Deutsche Bank, afirmou a reportagem. No entanto, ambas as instituições financeiras se negaram a comentar o assunto.

De acordo com o Nikkei, a solicitação foi feita por Anatoly Aksalov, presidente da Associação Russa de Bancos Regionais. A idéia é que Moscou representasse as financiadoras ao renegociar com bancos estrangeiros algumas garantias de cancelamento da dívida externa que possuem, acrescentou o Nikkei.

(Redação - InvestNews)

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade.
Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.
Saiba mais