Indústria inicia ano com saques

SÃO PAULO, 14 de janeiro de 2009 - Após encolher 7% com perda de R$ 77,8 bilhões em 2008, a indústria de fundos de investimento brasileira inicia 2009 com captação líquida (diferença entre saques e depósitos) negativa. Dados da Associação Nacional dos Bancos de Investimento (Anbid), mostram que as carteiras perderam, até dia 8, R$ 879,7 milhões em recursos.

A categoria que registrou o maior volume de retiradas foi o de fundos Multimercados com R$ 9,310 bilhões, seguidos pelas carteiras de renda fixa, com R$ 690,2 milhões.

Por outro lado, as categorias mais conservadoras registraram depósitos. Os fundos de curto prazo captaram R$ 3,122 bilhões e os referenciados DI, R$ 2,564 bilhões.

Os fundos de ações, os grande vilões em rentabilidade no ano passado, também captaram neste início de 2009: R$ 2,975 bilhões.

De acordo com a Anbid, o patrimônio líquido dos fundos no dia 8 era de R$ 1,131 trilhão.

(PD - InvestNews)