EUA: futuros apontam queda por preocupação com bancos

REUTERS

NOVA YORK - Os índices futuros do mercado americano apontavam queda nesta quarta-feira, à medida que notícias em relação a mais prejuízos no setor bancário aumentavam temores de maiores perdas de crédito.

O indicador futuro do S&P 500 apontava queda de 1,47%, enquanto o índice do Dow Jones recuava 1,28%, e o Nasdaq 100 perdia 1,37%, às 11h19 (de Brasília).

Ações de bancos eram as que mais pressionavam os índices após o banco alemão Deutsche Bank ter registrado prejuízo de cerca de US$ 6,4 bilhões nos últimos três meses de 2008.

Ainda mais preocupante para os investidores era a previsão feita por analistas do Morgan Stanley de que o HSBC, maior banco da Europa, deve cortar pela metade os seus dividendos e pode ter de aumentar seu capital em US$ 30 bilhões.

O que também ajudava a ressaltar a persistente turbulência do setor bancário é um acordo anunciado pelo Citigroup após o fim das negociações na terça-feira, no qual o banco americano concorda em vender uma porção de controle da sua corretora de varejo, a Smith Barney, ao Morgan Stanley por US$ 2,7 bilhões.

- Há mais notícias ruins que boas esta manhã, especialmente no setor financeiro- disse Arthur Hogan, analista chefe de mercado do Jefferies & Co em Boston.

- É isso que está colocando um grande peso no mercado- acrescentou.