Preço da raiz de mandioca subirá 28% em 2009

SÃO PAULO, 26 de agosto de 2008 - O preço mínimo da raiz de mandioca terá aumento de 28%, a partir de janeiro de 2009, em relação a 2008, de acordo com levantamento da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), apresentado nesta terça-feira, em Brasília. No Norte e Nordeste, a estimativa é que a tonelada alcance R$ 106,12 e, no Centro-Sul, R$ 98,85.

O Brasil é o segundo maior produtor de raiz de mandioca do mundo. Em 2007, foi responsável por 26,64 milhões de toneladas, o que equivale a 1,89 milhão de hectares.

Durante a reunião da Câmara Setorial da Cadeia Produtiva de Mandioca e Derivados, a analista de mercado da Conab, Kelma Cruz, disse que os preços estão favoráveis para a cultura, ao comparar agosto de 2007 e agosto de 2008.

´A raiz de mandioca na Bahia está em torno de R$ 203 a tonelada, no Paraná, R$ 169, e R$ 126 no Pará. Em relação à farinha, os preços variam de R$ 55 a R$ 70 a saca de 50 kg, no Norte e Nordeste, valores que cobrem o custo de produção´, explicou.

Para o presidente da Câmara Setorial, João Eduardo Pasquini, esse aumento nos preços mínimos dará ao setor mais tranqüilidade para produzir. ´Com essa nova medida, cerca de 2 milhões de produtores serão beneficiados em todos os estados, sendo que os três maiores responsáveis pela produção de raiz de mandioca são a Bahia, Pará e Paraná.´

(Redação - InvestNews)