Déficit em conta corrente na Zona do Euro cai 15,1% em maio

SÃO PAULO, 24 de julho de 2008 - O déficit em conta corrente da Zona do Euro totalizou 7,3 bilhões de euros (US$ 11,5 bilhões) em maio deste ano, registrando queda de 15,1% em comparação ao mesmo período do ano anterior, segundo informou hoje o Banco Central Europeu (BCE). O resultado é atribuído ao déficit nas rendas e transferências correntes, que foi maior do que o superávit em bens e serviços.

O déficit de rendas subiu 104,2% em maio, para 9,6 bilhões de euros, em comparação ao registrado em 2007. Já o déficit nas transferências correntes contabilizou 5,9 bilhões de euros (US$ 6,3 bilhões) em maio, com alta de 28,3% frente ao registrado no mesmo período do ano anterior.

O superávit de serviços foi de 2,2 bilhões de euros (US$ 3,04 bilhões), 4,3% a menos que em maio do ano passado, enquanto o de bens e serviços se situou em 3,5 bilhões de euros (US$ 4,8 bilhões), contra um resultado equilibrado de 12 meses atrás.

Os investimentos diretos e em carteira na Zona do Euro registraram em maio saídas líquidas de 4 bilhões de euros (US$ 5,5 bilhões). No ano anterior, houve saldo positivo de 48 bilhões de euros (US$ 66,3 bilhões).

A balança de conta corrente na Zona do Euro mede as trocas com o exterior em mercadorias, serviços, rendas e transferências.

(Redação - InvestNews)