Falências decretadas recuam 35,8%

SÃO PAULO, 4 de junho de 2008 - A quantidade de falências decretadas recuou 35,8% nos cinco primeiros meses de 2008, o que representa 408 falências, ao comparar com a mesma época do ano passado, que reportou 636 decretos, conforme o Indicador Serasa de Falências e Recuperações.

O número de falências requeridas totalizou 975, o que representa uma redução no período de 23,3%, em relação aos cincos primeiros meses de 2007, com 1.271 requerimentos.

As recuperações judiciais requeridas sofreram decréscimo de 5% até o mês de maio desse ano, no total foram 114 pedidos de recuperação judicial, contra 120 em igual época de 2007.

Já as recuperações judiciais deferidas reportaram 70 ocorrências, contra 83 nos cinco primeiros meses do ano anterior, representando um recuo de 15,7%.

As recuperações extrajudiciais registraram quatro ocorrências no acumulado de janeiro a maio, que manteve-se inalterado em relação ao mesmo período de 2007.

Nesse período houve um registro de homologação de recuperação extrajudicial. Segundo os técnicos da Serasa, as quedas registradas nos indicadores de insolvência (falências e recuperações) das empresas refletem o bom momento da economia em termos de crédito, produção, consumo e investimento.

(Redação - InvestNews)