Jornal do Brasil

Economia - Negócios e Marketing

Empreendedorismo feminino gera projetos que levam dignidade a pessoas em situação de rua

Jornal do Brasil REDAÇÃO JB, redacao@jb.com.br

As pessoas em situação de rua sofrem com dilemas e problemas seríssimos e imediatos, como insegurança, fome, frio, falta de higiene, exposição a doenças e às drogas, contudo, os mais graves são a indiferença e a falta de oportunidades, pois estes fatores inviabilizam toda uma vida. Segundo levantamento da Defensoria Pública da cidade do Rio, cerca de 15 mil pessoas moram nas ruas da capital. Se ampliarmos para o Brasil todo, são mais de 101 mil, de acordo com o Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea). Visando dar dignidade e perspectiva a essa população, quatro mulheres uniram forças criando projetos para transformar essa dura realidade.

Macaque in the trees
'Banho da alegria' leva chuveiro itinerante para assistir pessoas em situação de rua (Foto: Divulgação)

Uma dessas iniciativas é a Oficina Escola Da Rua Para Você, que qualifica e promove geração de renda para pessoas em situação de rua no Rio de Janeiro. Criado pela estudante de engenharia de produção Ana Paula Rios e pela engenheira de produção Mariana Machado, o projeto consiste numa estamparia de diversos produtos (como camisetas, canecas, azulejos e bonés), que oferece, de forma gratuita, capacitação, consultoria financeira e oportunidade de emprego às pessoas em situação de rua. Segundo Ana Paula, a ideia é crescer, gerar impacto social decisivo, inspirar e transformar a visão do mercado sobre quem vive nessa condição.

"Capacitamos pessoas em situação de rua com o Curso prático de 'Estampador - Técnicas de Silk Screen'. Aqueles que mais se destacarem durante o curso são convidados para participarem da empresa por um ciclo. Durante esse período, também participam dos lucros da empresa. Após o curso, disponibilizamos alguns materiais e horários específicos para utilização dos equipamentos por parte dos ex-alunos que desejem produzir seus próprios trabalhos", explica.

Todos os alunos recebem aulas, workshops e oficinas de Gestão Financeira com a contadora e empreendedora social Ludmila Hastenreiter, fundadora do Empoderamento Contábil, projeto que leva conceitos de gestão estratégica, financeira e contábil a pessoas de baixa renda e periféricas, sempre em uma linguagem leve e acessível. “Queremos que eles sejam agentes de transformação de suas próprias histórias”, destaca. Além de geração de renda e qualificação, o projeto resgata questões comportamentais importantes para a reinserção na sociedade, como cumprimento de acordos, metas e pontualidade.

O lucro do projeto é destinado para sua autogestão, com uma parcela voltada à capacitação de pessoas em situação de rua; outra destinada aos alunos destaques, que passarão por um ciclo de três meses produzindo as encomendas; outra para reinvestimento e, por fim, para manutenção (professor, apoio no aluguel e despesas de luz e lanche). A Oficina Escola Da Rua Para Você fica no Instituto LAR, na Rua do Senado, 200, sobreloja 202, no Centro do Rio.

Ana Paula também é idealizadora de uma outra ação que também tem feito a diferença na cidade, o “Banho da Alegria”, que disponibiliza banho e, com diversas parcerias, lazer, alimentação e assistência a pessoas em situação de rua. Ela nasceu em 2017 com a psicóloga Marihá Lopes, após conhecerem uma iniciativa em São Paulo que consistia num chuveiro itinerante para assistir pessoas em situação de rua.

Voltaram, então, para o Rio com a ideia, fizeram cálculos e chegaram à conclusão de que era possível fazer o mesmo. Após contas e projeções, iniciaram a arrecadação de valores. Durante 9 meses fizeram vaquinha online, rifa, bazares e receberam doações. Em fevereiro de 2018, conseguiram inaugurar o projeto efetivamente com o equipamento construído. Por enquanto, o projeto atua somente na capital em diversas ruas e praças mês a mês. “Trata-se de um chuveiro itinerante para que as pessoas em situação de rua realizem a higiene básica. Meu pai construiu a estrutura”, conta Rios.

O Banho da Alegria cresceu, desenvolveu parcerias e hoje alia forças com outros projetos, como Contagiados pelo Bem, MPS, projeto Vai Entrega, Instituto LAR e Vidas Invisíveis, fazendo de cada evento um verdadeiro mutirão da cidadania, oferecendo diferentes serviços e atividades lúdicas aos que mais precisam e, em especial, calor humano.