Jornal do Brasil

Economia

Bradesco BBI eleva preço-alvo do Ibovespa a 122 mil pontos

Jornal do Brasil

SÃO PAULO, 11 Jul (Reuters) - Estrategistas do Bradesco BBI elevaram o preço-alvo do Ibovespa para o final de 2019 de 116 mil para 122 mil pontos após a Câmara dos Deputados aprovar na quarta-feira o texto principal da reforma da Previdência.

Os analistas Andre Carvalho e Marina Valle destacaram que a aprovação é "um passo crucial em direção a uma forte âncora fiscal no Brasil", cenário que apoia o prognóstico deles para o Ibovespa, segundo relatório distribuído a clientes.

"Uma forte âncora fiscal provavelmente abrirá espaço para cortes mais profundos na taxa de juros. Do ponto de vista estratégico, vemos os riscos enviesados para -150 pontos básicos de corte na taxa Selic de referência em 2019, com o Banco Central reduzindo para 5% ao ano até o final de 2019."

Carvalho e Valle também ajustaram sua carteira recomendada, substituindo as ações do GPA pelos papéis da Lojas Renner, as da Suzano pelos da Vale e as da Rumo pelos da Sabesp.

O portfólio ainda traz os papéis de Banco do Brasil , Itaú Unibanco, B3, CVC , Energisa, Gerdau e Petrobras .

(Por Paula Arend Laier, edição Alberto Alerigi Jr.)