Dólar segue estável, mercados nervosos antes conversas Trump-Xi no G20

O dólar marca passo na manhã desta sexta-feira, com investidores a aguardarem um encontro crucial entre os líderes dos EUA e da China num encontro do G20 no fim-de-semana em busca de quaisquer sinais de progresso.

O humor melhorou no dia anterior, depois do South China Morning Post dizer que Washington e Pequim estavam a elaborar um acordo que ajudaria a evitar a próxima ronda de tarifas sobre 300 mil milhões de dólares em importações chinesas adicionais.

As negociações entre as duas maiores economias do mundo estão tensas, por isso os 'traders' e analistas alertam que uma resolução na cimeira do G20 está longe de ser certa. No entanto, os mercados parecem estar apegados às esperanças de progresso numa reunião entre o presidente dos EUA, Donald Trump, e o presidente chinês, Xi Jinping, no G20, na cidade de Osaka, no oeste do Japão.

Trump deverá realizar as tão esperadas negociações comerciais com Xi pelas 02:30 GMT no Sábado.

"O mínimo para manter os mercados onde estão agora é que os Estados Unidos e a China concordem em continuar a conversar e comprar algum tempo", disse Masayuki Kichikawa, estratega-chefe de macro da Sumitomo Mitsui Asset Management Co.

"Os mercados duvidam que os líderes (dos Estados Unidos e da China) possam chegar a um acordo total".