Governo de Minas desativará barragens abandonadas na Grande BH

O Governo de Minas Gerais iniciou na segunda-feira (12) o processo de descaracterização de duas barragens da Mina Engenho D'Água, abandonadas em 2011 pela companhia australiana Mundo Mineração Ltda na grande Belo Horizonte.

A primeira etapa consiste no tratamento dos rejeitos armazenados.

Após a limpeza e mediante autorização do Instituto Mineiro de Gestão de Águas (Igam), o líquido será lançado no Rio das Velhas. Depois do tratamento do resíduo líquido, 80 mil metros cúbicos de rejeitos sólidos serão transferidos de uma barragem para outra e as duas serão envelopadas com mantas de polietileno, sobre as quais será feita a reconstituição no solo.

As obras no local compreendem também a recomposição de vegetação, drenagem da área, aterramento e compactação do solo e execução de canais de drenagem periféricos entre outros reparos.

Segundo o governo do estado, esta etapa da manutenção custará R$ 7,3 milhões aos cofres públicos.