Jornal do Brasil

Economia

Tripulantes da Avianca vão retomar greve a partir de sexta

Jornal do Brasil

Os pilotos e comissários da Avianca Brasil decidiram em assembleia realizada nesta quinta-feira, retomar a greve da categoria que foi suspensa no último domingo (19).

A companhia aérea, que está em recuperação judicial, não tem pago salários e benefícios dos funcionários, segundo o SNA (Sindicato Nacional dos Aeronautas). A empresa iniciou no dia 13 de maio um processo de demissões em massa, mas não tem pago as rescisões dos cerca de 1.000 funcionários dispensados até o momento, segundo a entidade.

Macaque in the trees
Avianca (Foto: Divulgação)

"Vamos manter 60% das operações da aérea por decisão judicial, mas vamos definir os voos que serão afetados, como [a ponte aérea] Congonhas-Santos Dumont, por exemplo", diz Ondino Dutra, presidente do SNA.

"A Avianca tem demitido e marcado as homologações das dispensas para dali a 40 ou 50 dias, o que é uma manobra. Vamos entrar na Justiça para pedir a liberação do FGTS e do seguro-desemprego dos demitidos", afirma Dutra. Segundo ele, a Avianca não deposita o valor referente ao FGTS há dois meses.

Procurada, a Avianca afirmou que "entende e respeita a manifestação de parte de seus colaboradores e reforça que não está medindo esforços para cumprir as etapas de seu plano de recuperação judicial e garantir suas obrigações com seus funcionários."