Banco Mundial prevê que PIB da Venezuela recuará 25% em 2019

A economia da Venezuela vai se contrair 25% em 2019, segundo as previsões de crescimento econômico do Banco Mundial (BM) divulgadas nesta quinta-feira, que antecipam uma queda acumulada do PIB venezuelano de 60% nos últimos seis anos.

"O PIB real retraiu 17,7% em 2018 e deve cair 25% em 2019, o que implicaria uma queda acumulada de 60% no PIB desde 2013", disse o BM em seu último relatório semestral sobre a América Latina e o Caribe (ALC).

Segundo o BM, essa "implosão" da Venezuela, o país com as maiores reservas de petróleo do mundo, deve-se à gestão da economia, além da queda nos preços internacionais do petróleo.

"Políticas altamente distorcidas (de controles de preços a empréstimos direcionados), um ajuste fiscal desordenado, monetização da dívida do setor público e má administração econômica geral causaram hiperinflação, desvalorização, inadimplência e uma contração maciça no produto e consumo", disse o relatório.

O BM reiterou a estimativa de inflação de 10.000.000% até o final de 2019, já antecipada pelo Fundo Monetário Internacional (FMI) em outubro.

 

 

ad/gm/ll