Jornal do Brasil

Economia

Petróleo fecha primeiro trimestre com recorde

Jornal do Brasil

Os preços do petróleo registraram no primeiro trimestre de 2019 sua maior alta para este período em 14 anos, ignorando a preocupação sobre o crescimento mundial.

O barril de Brent do Mar do Norte para entrega em maio fechou a sessão a 68,39 dólares em Londres, alta de 57 centavos em relação à véspera. O preço do petróleo na capital britânica subiu 27,12% neste ano.

Em Nova York, o "light sweet crude" (WTI) para o mesmo prazo teve alta de 84 centavos, a 60,14 dólares, alta de 32,43% nos primeiros três meses do ano.

O mercado do petróleo, que não costuma ter grandes alterações no primeiro trimestre, não subia tanto desde 2005 e de 2002, para o Brent e o WTI, respectivamente.

"Os preços se recuperaram depois da queda no final do ano passado, beneficiando-se das quedas de produção da Opep (Organização dos Países Exportadores de Petróleo) e de seus sócios", explicou Giovanni Staunovo, analista da UBS.

 

 

js-alb/nas/gma/mls/ll