Jornal do Brasil

Economia

Dólar segue em queda no exterior em meio a interesse sobre leilão de linha

Jornal do Brasil

O mercado de câmbio doméstico acompanha a queda do dólar no exterior na manhã desta quinta-feira, 20,. O investidor local se ajusta ao tom menos "dovish" do Federal Reserve (Fed, o banco central norte-americano) que o esperado.

Pesa ainda o interesse na queda dos preços por investidores que devem participar dos leilões de linha de US$ 1 bilhão após o meio-dia. O foco é a Ptax das 12h, que servirá de referência para a venda de dólares pelo BC no leilão. Quando mais fraca estiver essa taxa, melhor para o comprador de moeda na operação.

Lá fora, a moeda americana segue fraca, após já ter cedido na quarta-feira, 19, e pesado por aqui. Os ajustes decorrem da percepção de um Fed não tão suave com a política monetária, uma vez que o mercado já vinha precificando a hipótese de pausa no aperto no ano que vem.

O Fed elevou seu juro básico em 0,25 ponto porcentual pela quarta vez este ano, para a faixa de 2,25% a 2,50%, como era amplamente esperado, e reduziu sua projeção de novos aumentos de juros em 2019, de três para dois.

Às 9h27 desta quinta-feira, o dólar à vista recuava a R$ 3,8635 (-0,64%), enquanto o dólar futuro de janeiro de 2019 cedia para R$ 3,8625 (-0,89%).