Jornal do Brasil

Economia

IGP-M cai 1,15% na 2ª prévia de dezembro ante -0,35% na 2ª de novembro, diz FGV

Jornal do Brasil

O Índice Geral de Preços - Mercado (IGP-M) caiu 1,15% na segunda prévia de dezembro, na comparação com recuo de 0,35% em igual prévia de novembro, conforme informou a Fundação Getulio Vargas (FGV) nesta terça-feira, 18. Em relação à primeira prévia deste mês, quando cedeu 1,16%, o resultado ficou praticamente o mesmo.

O Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPA) caiu 1,74%, depois de ceder 0,62% no segundo decêndio de novembro. O Índice de Preços ao Consumidor (IPC) recuou 0,05%, após alta de 0,11% em igual período do mesmo mês anterior.

Já o Índice Nacional de Custo da Construção (INCC) subiu 0,10% em relação à elevação de 0,28% na segunda prévia de novembro, segundo a FGV.

O IPA Agropecuário teve queda de 1,19% na segunda prévia de dezembro ante declínio de 2,25% em igual leitura de novembro. O IPA Industrial, por sua vez, teve retração de 1,92% na comparação com -0,08% no segundo decêndio de novembro.

A inflação medida pelo IGP-M para os bens finais ficou praticamente estável, com queda de 0,01%, depois do recuo de 0,45% na segunda prévia do penúltimo mês do ano. Os preços dos bens intermediários cederam 2,74%, depois de -0,27%. As matérias primas brutas também registraram queda, de 2,51%, na comparação com retração de 1,24% em novembro.

O IGP-M é usado para reajuste de contrato de aluguel. Com o resultado, o índice acumula alta de 7,46% no ano e em 12 meses.