Jornal do Brasil

Economia

Cargo do brasileiro Carlos Ghosn na Nissan continua em aberto

Jornal do Brasil

O conselho de administração do fabricante japonês de automóveis Nissan não conseguiu eleger um novo presidente para substituir Carlos Ghosn, detido no Japão desde 19 de novembro passado por fraude fiscal - anunciou a empresa.

"O conselho aponta a continuição das discussões" do comitê de três membros encarregado de propor um nome "e reafirmou seus esforços para informar plenamente seus sócios da aliança, Renault e Mitsubishi Motors", afirma o comunicado publicado pela Nissan.

anb/uh/evs/zm/pc/tt