Jornal do Brasil

Economia

Inflação na zona do euro desacelera a 1,9% em novembro, menor nível desde maio

Jornal do Brasil

O índice de preços ao consumidor (CPI, na sigla em inglês) da zona do euro subiu 1,9% na comparação anual de novembro, perdendo força em relação ao aumento de 2,2% verificado em outubro, segundo dados finais divulgados hoje pela agência de estatísticas da União Europeia, a Eurostat. O resultado de novembro, o menor desde maio deste ano, veio abaixo da estimativa prévia e da projeção de analistas consultados pelo Wall Street Journal, de alta de 2% em ambos os casos.

A leitura final deixou a inflação na zona do euro em linha com a meta do Banco Central Europeu (BCE), que é de uma taxa ligeiramente inferior a 2%.

Em relação a outubro, o CPI da região caiu 0,2% em novembro, em linha com a projeção do mercado.

Apenas o núcleo do CPI do bloco, que exclui os preços de energia e de alimentos, recuou 0,3% em novembro ante o mês anterior, mas registrou acréscimo de 1% na comparação anual. Fonte: Dow Jones Newswires.