BCE prevê inflação de 1,8% na zona euro em 2021, dentro da meta

O Banco Central Europeu (BCE) prevê que a inflação cairá para 1,6% em 2019, mantendo-se sem alterações em 2020, a 1,7%, e chegará a 1,8%, em 2021 - anunciou o presidente da entidade, Mario Draghi, nesta quinta-feira (13).

Draghi informou ainda que a entidade, cujo conselho de governadores se reuniu hoje, reduziu seu prognóstico de crescimento econômico pela "incerteza". Assim, a expansão será, para este ano, de 1,9%, e, para o próximo, de 1,7%. Para 2020, o banco antecipa um crescimento de 1,7%, e uma queda de 1,5%, em 2021.

 

mfp/hmn/pa/pb/tt