Jornal do Brasil

Economia

Emplacamentos de janeiro a novembro sobem 52,58% em um ano, diz Anfir

Jornal do Brasil

O número de emplacamentos de implementos rodoviários de janeiro a novembro deste ano cresceu 52,58%, para 82,031 mil unidades ante o mesmo intervalo do ano passado, segundo a Associação Nacional dos Fabricantes de Implementos Rodoviários (Anfir), na comparação com o mesmo intervalo de 2017. O bom desempenho, acrescenta a entidade, é reflexo direto dos resultados do setor de agronegócios.

O segmento leve, de carroceria sobre chassis, anotou alta de 32,44% sobre o mesmo período de 2017, para 41,463 mil emplacamentos, ritmo este menor que o do setor pesado, de reboques e semirreboques, que avançou 80,67% em igual comparação, para 40,568 mil unidades.

Em nota, Norberto Fabris, presidente da entidade, afirma que essa taxa de recuperação ajuda bastante na recomposição das empresas, após dois anos de crise no mercado, mas para repor as perdas "levaremos mais tempo".

Entre janeiro a outubro, as exportações de reboques e semirreboques cresceram 10,56% ante o mesmo período do ano anterior, somando 3.203 unidades. Na ocasião o setor vendeu ao mercado externo 2.897 unidades.

Para 2018, a associação estima um volume de emplacamentos de aproximadamente 85 mil unidades. "Para o próximo ano o setor poderá atingir algo entre 10% e 15% acima do volume deste ano, seguindo no caminho da recuperação", prevê Fabris.

Segundo ele, o desempenho depende bastante do ritmo da economia brasileira, que terá influência da estratégia econômica que será adotada pelo novo governo.