Jornal do Brasil

Economia

Dólar sobe com realização, após ter acumulado ganhos nas últimas sessões

Jornal do Brasil

O dólar opera em alta frente o real e registrou máxima na manhã desta segunda-feira, 19, a R$ 3,7623 (+0,64%) no mercado em meio a um movimento de realização de ganhos, após ter acumulado queda de 2,31% nas últimas duas sessões, avalia o economista-chefe da corretora Spinelli, André Perfeito.

Ele diz que o mercado ajusta o dólar após a queda forte da moeda registrada na quarta (-1,13%) e na sexta-feira (-1,20%) passada em meio ao salto da Bolsa acima dos 88 mil pontos na última sessão. "É uma correção de mercado, que de modo geral está reagindo bem às indicações que vem sendo confirmadas para compor a equipe econômica do futuro governo", avalia o economista.

Para ele, a indicação do nome do economista Roberto Castello Branco para presidir a Petrobras tem bom apelo e por ser do núcleo civil do futuro governo.

Pouco antes do fechamento deste texto, no entanto, o ADR da Petrobras operava em baixa de 1,62% no pré-mercado em Nova York.

Com o feriado de terça-feira em São Paulo, André Perfeito avalia que o volume de negócios deve ser mais fraco hoje. Às 9h48, o dólar futuro de dezembro subia 0,41%, a R$ 3,7625.

No exterior, a moeda americana recua ante divisas principais e mostra sinais mistos frente moedas emergentes e ligadas a commodities em meio a expectativas sobre o aperto monetário do Federal Reserve (Fed, o banco central norte-americano), a alta do petróleo hoje, o impasse persistente em torno do Brexit e a disputa comercial entre os Estados Unidos e a China.