Jornal do Brasil

Economia

Volátil com Ptax, dólar sobe após emprego privado forte nos EUA e queda do yuan

Jornal do Brasil

O dólar abriu em queda no mercado doméstico nesta quarta-feira, 31, oscilou em seguida entre alta e queda e voltou a avançar por volta das 9h30. Já na renda fixa, os juros futuros mostram viés de baixa diante do otimismo predominante em relação à transição de governo e com reformas, além da espera pela decisão do Comitê de Política Monetária (Copom) no fim da tarde.

No câmbio, a volatilidade reflete a disputa entre comprados e vendidos em contratos cambiais neste último dia útil de outubro e de formação da taxa Ptax, segundo um operador de uma corretora. Além disso, pesa a alta do dólar frente euro, iene e moedas emergentes e ligadas a commodities nesta manhã, após a China ter conduzido o yuan para baixo ante o dólar ao menor nível desde dezembro de 2016, após dados decepcionantes da atividade econômica chinesa.

Mais cedo, os índices futuros de Nova York se fortaleceram, com renovação de máximas, após a consultoria ADP apontar a criação de 227 mil empregos no setor privado dos Estados Unidos em outubro, acima da previsão de analistas ouvidos pelo Wall Street Journal, de 180 mil novas vagas. O dado eleva expectativa pelo relatório oficial de emprego do país, que será divulgado na sexta-feira, dia 26.

Às 9h33 desta quarta-feira, o dólar à vista subia 0,33%, na máxima, a R$ 3,7046. O dólar futuro de dezembro, que é o mais negociado a partir de hoje, estava em alta de 0,23%, a R$ 3,7145.

No caso da rolagem de contratos cambiais, investidores comprados defendem a alta a fim de tentar minimizar eventuais perdas computadas no período, enquanto os "vendidos" pressionam por novas baixas visando maximizar seus resultados financeiros. A Ptax de hoje servirá nesta quinta-feira, dia 1º, para a liquidação e ajustes dos vencimentos cambiais, de swap cambial e resultados corporativos de fim de mês. Em outubro até o momento, o dólar acumula queda de 8,64%.

A previsibilidade com o anúncio do Banco Central de que vai começar nesta quinta-feira a rolagem do vencimento de swap cambial de dezembro ajuda a evitar pressão de alta, disse um operador de uma corretora. De todo modo, na quinta também vencem cerca de US$ 900 milhões em linha de dólares e o BC não disse ainda o que fará em relação a esse compromisso.

No radar também está o debate sobre a cessão onerosa. O requerimento de urgência para votação desse projeto de lei foi lido na terça-feira (30), mas ficou para ser votado nesta quarta. O Senado convocou sessão plenária às 16h. Se esse requerimento for aprovado, o projeto de lei já pode entrar na pauta do Senado. A votação do projeto de lei, no entanto, depende de acordo com os líderes da Casa.

 



Recomendadas para você