Jornal do Brasil

Economia

Banco Central da Rússia mantém taxa básica de juros em 7,5%

Jornal do Brasil

O Banco Central da Rússia decidiu hoje manter sua taxa básica de juros em 7,5% ao ano, após concluir reunião de política monetária.

Em comunicado, o BC russo avaliou que o mercado financeiro do país se estabilizou desde sua última reunião, mas também ressaltou que os riscos inflacionários continuam elevados, principalmente no curto prazo. Além disso, citou incertezas sobre as condições externas futuras.

O BC russo prevê que a inflação anual da Rússia ficará entre 5% e 5,5% em 2019, antes de diminuir para o nível de 4% em 2020.

A autoridade monetária da Rússia também afirmou que irá avaliar a necessidade de novos aumentos no juro básico, "levando em consideração a dinâmica da inflação e da economia em relação às projeções, assim como riscos impostos por condições externas e a reação dos mercados financeiros".

O rublo teve reação contida à decisão do BC russo. Às 7h46 (de Brasília), o dólar subia a 65,79 rublos, de 65,59 rublos no fim da tarde de ontem. Antes do anúncio, o dólar estava cotado a 65,77 rublos.

 



Tags: Rússia

Recomendadas para você