Teatro Carlos Gomes celebra o Mês da Consciência Negra com ‘Novembro Negra Arte’

Artes cênicas, dança e canto fazem parte da programação que ocupará o espaço durante todo o mês

A partir do dia 7 de novembro, sempre de segunda à quarta-feira, o canto, a dança e as artes cênicas tomam conta do palco do Teatro Carlos Gomes e celebram a raça e a cultura de matriz africana em espetáculos que têm como referência ou homenageiam figuras emblemáticas como Lima Barreto, Artur Bispo do Rosário, a bailarina Mercedes Baptista, Luiz Melodia, Djavan, Paulinho da Viola e muitos outros.  O espetáculo 'Mercedes', do Grupo Emú, marca a abertura do projeto Novembro Negra Arte, que acontecerá no Teatro Carlos Gomes no mês de novembro e celebrará o Mês da Consciência Negra.

A programação de teatro terá apresentações na segunda (13) e todas as terças de novembro. O público poderá conferir no dia 7 de novembro o Grupo Emú apresentando o espetáculo sobre Mercedes Baptista, uma das maiores representantes da cultura negra do país. No dia 13 de novembro a partir das 19h, dois espetáculos teatrais ocuparão o palco do Carlos Gomes: o monólogo teatral 'Traga-me a cabeça de Lima Barreto'”, elogiada montagem protagonizada pelo ator e diretor Hilton Cobra, da Cia dos Comuns e, a partir das 20h30 'Eles não usam tênis naique', com a Cia Marginal.  Nos dias 14, 21 e 28 de novembro, será a vez do espetáculo 'Contos Negreiros do Brasil'.  Baseada no livro homônimo de Marcelino Freire, a peça lança um olhar sobre a condição real e atual dos negros e negras no Brasil.

A programação de dança acontecerá dias 8, 15 e 22 de novembro, apresentando o espetáculo ARTUR - Ensaio Primeiro, com a Companhia Rubens Barbot. Celebrando Artur Bispo do Rosário, Artur faz um ensaio coreográfico/cênico sobre a tênue linha divisória entre criação e loucura. Dois bailarinos e um ator mergulham no universo do Artur Bispo do Rosário que passou os últimos 50 anos internado na Colônia Juliano Moreira. Também estão previstas oficinas de danço afro com a atriz e bailarina Valéria Monã.

O Teatro Carlos Gomes fica na Praça Tiradentes, s/nº – Centro. Informações: 2215 0556.

Programação diversificada, com espetáculos de música, teatro e dança

O diretor e ator Afonso Drummond, atual diretor artístico do Teatro Carlos Gomes, destaca que o projeto Novembro Negra Arte tem como principal objetivo valorizar a produção de artistas e realizadores negros. “Conseguimos montar uma programação vasta, que vai de oficinas às artes cênicas, passando pela dança e música de diferentes gêneros. Teremos ao longo do mês de novembro um painel bem diversificado, apresentando produções de grande qualidade – que é uma proposição da atual gestão do Carlos Gomes e celebrando de maneira especial o Mês da Consciência Negra” comenta Afonso.

Shows musicais têm lugar no projeto Novembro Negra Arte

Dia 20 de novembro a cantora Leila Maria apresentará seu show 'Um canto negro de A a Z' – com um repertório que fará uma homenagem a vários compositores e compositoras negros, que com seu talento ajudaram a criar, fundamentar e enriquecer a mundialmente famosa Música Popular Brasileira. Já no dia 27 de novembro será a vez do cantor Wladimir Pinheiro e banda, com a participação especial da cantora Lilian Valeska. Fechando a programação do projeto Novembro Negra Arte, dia 29 de novembro o Teatro Carlos Gomes receberá o show Pérolas Negras do Samba.

Serviço: Novembro Negra Arte - Shows de música, teatro e dança celebram o Mês da Consciência Negra

Data: 7, 8, 13, 14, 15, 20, 21, 22, 27, 28 e 29 de novembro

Local: Teatro Carlos Gomes - Praça Tiradentes, s/nº – Centro do Rio

Ingressos: R$ 40 (inteira), R$ 20 (meia entrada) e R$ 10 (promocional)

Mais informações: 2215 0556