Paula Cavalciuk lança "Morte e Vida" em 1º de junho, no BNDES

A cantora e compositora Paula Cavalciuk virá lançar o seu álbum "Morte e Vida" (independente) no Rio de Janeiro. Com onze faixas que versam sobre temas da atualidade, passeando do rock visceral à singeleza da guarânia paraguaia, o disco é uma espécie de "pop planetário", na definição da artista. O show carioca será no dia 1º de junho, às 19h, na série "Quintas no BNDES", com entrada grátis. 

 Natural do Vale do Ribeira e radicada em Sorocaba, interior de São Paulo, a artista está estreando em disco, com produção musical dos craques Gustavo Ruiz e Bruno Buarque, e participações de Kiko Dinucci e Fernanda Teka. A música de Paula vem ganhando destaque na imprensa brasileira e já coleciona elogios - um deles, de Gilberto Gil, que indicou a faixa "Maria Invisível", do EP "Mapeia" (2015) nas suas redes sociais.

Do primeiro show autoral, em 2014, para cá, Paula Cavalciuk vem compartilhando o palco com artistas da sua geração, como Carne Doce, Liniker, Tássia Reis, Bloody Mary Una Chica Band e As Bahias e a Cozinha Mineira, entre outros. E ela pretende, cada vez mais, misturar a sua voz ao coro de criadores que buscam uma sociedade mais igualitária através da arte. 

Com isso em mente, Paula atua como voluntária, desde 2014, em projetos como Girls Rock Camp, Ladies Rock Camp e Viva Meninas, de Sorocaba, além de desenvolver e ministrar oficinas de estencil/serigrafia, fanzine e instrução de voz com foco no empoderamento feminino, estimulando-as a criar seu próprio conteúdo e compor suas músicas. 

Outro exemplo desta atuação foi a campanha em que chamou mulheres a participarem de um vídeo-protesto para a faixa “Morte e Vida Uterina”, que foi lançado muito próximo à repercussão do caso do estupro coletivo no Rio de Janeiro, em junho de 2016, e que se somou ao apelo #PorTodasElas. Paula convidou mulheres a enviarem vídeos mostrando cartazes com mensagens de protesto. Em poucos dias, o vídeo ultrapassou a marca de mais 80 mil views e foi compartilhado por milhares de pessoas nas redes. 

Artista revelação já premiada

Em dezembro de 2016, Paula Cavalciuk foi indicada como artista revelação da música brasileira em 2016 pelo júri da Associação Paulista de Críticos de Arte (APCA). No mesmo mês, ganhou o prêmio Lollo Terra por melhor letra com “Maria Invisível”, composição que também abocanhou o quarto lugar como melhor música na premiação. Em 2015, Paula venceu o Prêmio Sorocaba de Música com “O Colecionador de Opiniões”, faixa que foi gravada neste álbum que ela virá lançar em junho, no Rio de Janeiro. 

Paula Cavalciuk no BNDES, serviço:.

QUANDO: dia 1º de junho (quinta-feira), às 19h

ONDE: Espaço Cultural BNDES – Avenida República do Chile, 100, Centro (próximo ao Metrô Carioca)

QUANTO: Grátis, com distribuição de senhas uma hora antes do espetáculo

E MAIS: Classificação livre