'Playboy' dos EUA volta a publicar mulheres nuas após 1 ano

Novas imagens serão publicadas na edição de março/abril

Um ano depois de abandonar suas origens, a edição norte-americana da revista "Playboy" voltará a publicar fotos de mulheres nuas.

O retorno da nudez acontecerá na próxima edição de março/abril, e trará o título "Nu é normal". "Hoje estamos pegando de volta a nossa identidade", afirmou Cooper Hefner, diretor criativo da "Playboy", no site da revista.

"Eu serei o primeiro a admitir que o modo como a revista mostrava a nudez estava obsoleto, mas a nudez nunca foi o problema porque a nudez não é problema", acrescentou Hefner, filho do fundador da publicação, Hugh Hefner.

A última estrela a aparecer completamente nua na "Playboy" foi a atriz Pamela Anderson, que estampou a capa da edição de janeiro/fevereiro de 2016.

A revista parou de publicar imagens de nudez a partir de março de 2016 afirmando que as imagens tinham ficado fora de moda devido ao excesso de nudez grátis encontrada na internet.

Já no Brasil, o nu frontal deixou de ser obrigatório após a PBB Entertainment assumir a publicação no ano passado.

Fundada em 1953, a "Playboy" terá na próxima edição um "reflexo de como a marca pode se associar com a minha geração e com as que estão por vir", concluiu Hefner. (ANSA)