No feriado, Auto de São Sebastião reforçará valor da família e da caridade

O Auto de São Sebastião, realizado tradicionalmente no dia dedicado ao santo padroeiro da cidade do Rio de Janeiro, terá, nesse ano, um novo enfoque. Além de recordar a história do mártir que desafiou o paganismo do Império Romano por amor a Deus e à Igreja, a montagem vai reforçar o valor da família e da prática de atitudes solidárias, de amor e acolhimento ao próximo.

A peça será apresentada em 20 de janeiro, na Catedral Metropolitana do Rio de Janeiro. O horário previsto para o início do auto é às 17h30, após a chegada da procissão de São Sebastião, que sai da Igreja dos Capuchinos às 16h.

Com roteiro inédito e direção de Bruno Torquato, o espetáculo será centrado em uma família cristã que vivia sob ameaça em Roma, onde, à época, eram cultuados diversos deuses. Essa família será o estímulo para que Sebastião desista da carreira de oficial romano e reconheça sua fé em Deus. A intenção do auto será apontar a importância da fé e da caridade para enfrentar e superar os obstáculos.

O elenco é formado por 14 atores. A produção é de Carlos Alberto Serpa e os figurinos são assinados por Beth Serpa.O Auto de São Sebastião será promovido pela Associação Cultural da Arquidiocese do Rio de Janeiro, com patrocínio da Fundação Cesgranrio.

Serviço:

Local: Catedral Metropolitana de São Sebastião do Rio de Janeiro – Av. Chile, 245 – Centro

Data: 20 de janeiro, a partir das 17h30 (após a chegada da procissão)

Entrada franca

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade.
Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.
Saiba mais