Engenheiro Christovam Leite de Castro é homenageado na série Pioneiros do IBGE

Christovam Leite de Castro  foi um grande visionário e empreendedor brasileiro, que contribuiu positivamente para a imagem do Brasil internacionalmente. Entre seus feitos está a implementação de um teleférico de última geração ao Pão de Açúcar, no Rio de Janeiro, e a colaboração para a fundação do Conselho Nacional de Geografia (CNG), do IBGE, inserindo o país na comunidade internacional do setor. Em sua trajetória profissional recebeu grande destaque pelos serviços prestados ao IBGE e, por todos os seus feitos, é homenageado nas comemorações dos 80 anos da entidade, neste mês de outubro, a partir de exposições e do lançamento do livro da série “Pioneiros do IBGE” — “Cristóvão Leite de Castro e a Geografia no Brasil”. 

Sua história, assim como relatos e documentos históricos estão disponíveis ao público na Exposição Painéis Christovam Leite de Castro e Fábio de Macedo Soares Guimarães, no Centro de Documentação e Disseminação de Informações do IBGE, no Maracanã.  Entre outros destaques da carreira estão a criação da Revista Brasileira de Geografia (1939) e do Boletim Geográfico (1943).

Christovam Leite de Castro e sua colaboração ao país

Sua trajetória teve início em 1933, na Seção de Estatística Territorial, no Ministério da Agricultura e, entre os anos de 1937 e 1950, participou da fundação e atuou como Secretário-Geral do Conselho Nacional de Geografia (CNG). Um dos primeiros engenheiros do país a ingressar no Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), Christovam Leite de Castro, fez expedições geográficas e missões de exploração e pesquisa promovidas pela instituição, participando do primeiro Censo Demográfico e contribuindo ativamente para a elaboração da Lei Geográfica do Estado Novo. Suas contribuições para o IBGE trouxeram ao Brasil destaque na Comunidade Internacional de Geografia. 

Designado vice-presidente da União Geográfica Internacional – UGI — após participação no XVI Congresso Internacional de Geografia, em 1949, tornou-se o primeiro sul-americano a fazer parte da direção desse órgão. 

A chegada de novas tecnologias ao Pão de Açúcar

Neste mesmo mês de comemorações do IBGE, a Cia Caminho Aéreo Pão de Açúcar completa 104 anos de serviços prestados à cidade, reforçando para o mundo porque o Rio de Janeiro merece com honradez o título de Cidade Maravilhosa. E a história de Christovam se mistura a deste ícone turístico.

Christovam trouxe em sua essência a paixão pela cidade e pelo país onde viveu, como poucos. Teve um papel primordial à frente da Cia Caminho Aéreo Pão de Açúcar, onde ingressou como diretor técnico em 15 de abril de 1930. Na década de 60, assumiu a Direção da Companhia, mantendo-se no cargo entre os anos de 1962 e 1999.  Em 1972, ganhou destaque mundial por implantar um sistema teleférico de última geração ao Bondinho do Pão de Açúcar, agregando ainda mais visibilidade e um dos pontos turísticos mais queridos e visitados do país até os dias de hoje.  O projeto ganhou reconhecimento de mais de 50 patentes de inovação tecnológica em substituição ao anterior, levando o engenheiro a ganhar mais uma vez projeção internacional pelos serviços prestados à companhia.

Inaugurado em 27 de outubro de 1912, o Bondinho do Pão de Açúcar inseriu o Rio de Janeiro no roteiro das grandes atrações turísticas mundiais. O teleférico foi o primeiro a ser implantado no país. Hoje, o seu deslizar tranquilo já faz parte da paisagem da cidade e, desde a sua inauguração, já transportou mais de 40 milhões de visitantes.  Esse olhar de visionário de Christovam Leite de Castro proporcionou à companhia ser uma das mais queridas e respeitadas empresas privadas do país. Diariamente, quem visita o cartão postal reconhece a grandeza de sua construção. ?

SERVIÇO

Exposição Painéis Cristóvão Leite de Castro e Fábio de Macedo Soares Guimarães

Local:  IBGE - Centro de Documentação e Disseminação de Informações / Hall Auditório Teixeira de Freitas (R. Gal Canabarro, 706 - Maracanã, Rio de Janeiro)

Horário de funcionamento: de segunda à sexta, das 8h às 17h