Jovens da Comunidade do Caramujo em Niterói representarão o Brasil na França

Cinco jovens de diferentes áreas da comunidade do Caramujo, em Niterói serão os representantes do Brasil no No(s) Futurs/Nosso(s) Futuros que acontece em novembro em Lion, na França.

No encontro,  esses jovens irão apresentar ao publico e aos outros grupos de jovens que participam do projeto suas perspectivas de futuro para inventar e reconstruir em conjunto um novo mundo e uma linguagem comum.

O projeto escolheu jovens de uma região de risco com intuito de fornecer um novo aspecto às suas realidades e à abrir possibilidades de abertura à novos horizontes através de um projeto ligado à arte, ao teatro e à dança. Dar à esses jovens a chance de poder expressar seus desejos e sonhos de um outro futuro para si e para sua comunidade.

No(s) Futurs/Nosso(s) Futuros é uma bienal que reunirá em cena e no espaço público proposições vindas de diferentes países. Além do Brasil, Romênia, Finlândia e França se unirão para trabalhar a questão da projeção, da recriação do real e da antecipação. Se trata de dar corpo à um imaginário da cidade e dos seres humanos, para experimentar, pensar e definir o mundo que nos sonhamos para viver.

No(s) Futurs/Nosso(s) Futuros desenhará uma cartografia do futuro, poliglota, para se familiarizar com o estrangeiro e com novas possibilidades de troca em torno de diferentes visões positivas do futuro.

A idéia de realizar o projeto no Brasil nasceu de um convite feito pelo Théâtre Nouvelle Génération / Centro Dramatico Nacional de Lyon (Teatro Novas Gerações) à artista brasileira Astrid Toledo.

Um dos eixos principais do projeto é o aspecto social e de inclusão. Oferecendo a oportunidade de acesso à uma experiência artística que sera com certeza transformadora e base para a construção de novas referências e de novos instrumentos para poder modificar seu contexto de vida. Recuperando assim sua dignidade de indivíduo e de ator na sua própria comunidade e por consequência criador de seu próprio futuro.

O projeto com esses jovens e a  Comunidade não termina após a etapa em Lyon. O objetivo é de dar continuidade ao processo de formação artística e de cidadania através de oficinas continuas, saídas para visitas a diferentes equipamentos culturais da cidade e o intercâmbio com o Teatro  Novas Gerações que se organizara sob a forma da vinda dos artistas e colaboradores do teatro à Comunidade do Caramujo dando continuidade e futuro ao projeto que iniciamos esse ano no Brasil em parceria com a Secretaria de Assistência Social e de Direitos Humanos. 

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade.
Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.
Saiba mais