Aliança Francesa do Rio de Janeiro realiza encontro sobre literatura africana

Será apresentada leitura de textos em francês do escritor senegalês Léopold Sédar Senghor

A Aliança Francesa Botafogo realiza na próxima quinta-feira, dia 28, um encontro com a literatura africana. O escritor homenageado é o senegalês, membro da Academia de Letras de Paris, Léopold Sédar Senghor.

A leitura será feita por Antonio Manso, com direção é de Brigitte Bentolila.

Léopold Sédar Senghor foi o primeiro Presidente do Senegal em 1960, após a independência, aclamado poeta, escritor e professor. Senghor  foi um dos pais do movimento literário conhecido como 'Negritude',  que teve como objetivo elevar a consciência negra. Ele foi o primeiro negro a ser eleito para a Academia Francesa de Letras. Como poeta, foi indicado ao Prémio Nobel da Literatura, em 1962.

Este distinto intelectual escreveu diversos livros de poesia e ensaios em francês, incluindo 'Chants d'Ombre' (1945), escrito enquanto ele estava em um campo de concentração nazista; 'Hosties noires' (1948); 'Chants despeje Naëtt' ( 1949); e 'Ethiopiques' (1956). 

Em homenagem a Léopold Sédar Senghor, a companhia Noir sur Blanc vai apresentar uma leitura de trechos das obras do escritor, entre eles, 'Oeuvres poétiques', 'Chants d'Ombre' e 'Ethiopiques'. Os textos celebram os valores da cultura negro-africana o mito do negro ‘selvagem e obediente’. 

Evento é realizado em francês, sem tradução. 

Serviço: Encontro com a literatura africana – textos de Léopold Sédar Senghor

Data: 28 de julho, quinta-feira, as 19h30

Local: Auditório da Aliança Francesa Botafogo – Rua Muniz Barreto, 730 – Botafogo

Entrada franca. Lugares limitados. Senhas distribuídas 1 hora antes na Galeria da AF Botafogo

Evento realizado em francês, sem tradução. 

www.rioaliancafrancesa.com.br 

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade.
Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.
Saiba mais