João Bittencourt toca raridades de Julio Reis em shows grátis, no Espaço Furnas

O pianista, acordeonista e compositor João Bittencourt faz um mergulho na obra do também pianista e compositor Julio Reis (1863-1933) no álbum “João Bittencourt apresenta Julio Reis”. Pela primeira vez, temas como “Valse serenade”, “Quem cala consente” e “Meu sonho” serão tocados no Espaço Furnas Cultural, em Botafogo, na sexta e sábado, dias 7 e 8 de agosto, com entrada gratuita. O espetáculo é de piano solo e João vai conversar com a plateia ao final.

Contemporâneo de Ernesto Nazareth, que é referência para os chorões até hoje, o paulistano Julio Reis pode ser considerado mais erudito que Nazareth sem, no entanto, perder a brasilidade jamais. Bisavô do jornalista Fernando Molica, Reis deixou cerca de 200 partituras, entre polcas, tangos, quadrilhas e valsas sem registro sonoro. João escolheu 15 para o disco inicial e já tem mais 30 selecionadas à produção de um livro de partituras para piano solo, em fase de captação de recursos. 

A musicalidade de João, por sua vez, passa pela diversidade de estilos. Ele toca acordeon e canta com o seu trio pé-de-serra, que se apresenta na Lapa aos domingos, teclados em uma banda de groove que se chama Os Coringas, e faz um instrumental da pesada no grupo Água Viva, que está preparando um novo disco para este segundo semestre de 2015. 

Atualmente, João Bittencourt atua como pianista no espetáculo “Pulsões”, em cartaz no Teatro Poeira, em Botafogo, e compõe a trilha sonora original da peça “Electra”, com a atriz Camila Amado e direção de João Fonseca, prevista para estrear em outubro, no Espaço Sesc, em Copacabana. 

Breve currículo de João Bittencourt 

Em 16 de carreira, o carioca João Bittencourt, 32 anos, já participou diretamente de mais de 30 espetáculos teatrais. “Ópera do Malandro”, “Gota D’água”, “Na bagunça do teu coração” e “O Grande Circo Místico” são alguns deles. Nessas peças, trabalhou com diretores como João Fonseca, Charles Möeller e Cláudio Botelho como diretor musical, instrumentista, compositor e arranjador. Indicado a prêmios, atuou em três espetáculos distintos da cantora Bibi Ferreira. O álbum “João Bittencourt interpreta Julio Reis” foi lançado em 2013, com patrocínio da Secretaria Municipal de Cultura via edital de fomento à cultura carioca. 

"Considero de extrema importância", diz Nelson Freire 

Reconhecido como um dos maiores pianistas eruditos do mundo, Nelson Freire atesta: “A pesquisa, o resgate e a gravação da obra de Julio Reis para piano solo é um trabalho que valoriza, e muito, a música erudita brasileira. Fico feliz pela pesquisa que está sendo realizada pelo pianista João Bittencourt e pelo diretor musical e preparador pianístico Marcelo de Alvarenga. Considero e extrema importância esse trabalho, pois valoriza a cultura nacional através do piano. Isto nos permite conhecer um compositor brasileiro do século XIX que continuaria apagado pelo tempo se não fosse o trabalho dessa dupla”.

João Bittencourt toca Julio Reis em Furnas

QUANDO: Sexta e sábado, dias 7 e 8 de agosto, às 20h

ONDE: Espaço Furnas Cultural – Rua Real Grandeza, 219, em Botafogo

QUANTO: Grátis, com distribuição de senhas a partir das 14h. Limitado a um par de convites por pessoa e à lotação do auditório de 192 lugares

E MAIS: É necessária a apresentação de documento com foto