Morre Giuliano Gemma, um dos maiores atores do cinema italiano

Gemma era um dos atores mais conhecidos do cinema italiano

O ator italiano Giuliano Gemma morreu nesta terça-feira, dia 1, aos 75 anos, em decorrência de um acidente de carro nas proximidades de Roma. O ator sofreu uma colisão frontal com seu carro na região de Cerveteri, em um acidente que deixou outros dois feridos, um homem e seu filho. Gemma chegou a ser levado a um hospital em Civitavecchia, mas não resistiu aos ferimentos.

    Nascido em Roma, em 2 de setembro de 1938, o ator ficou famoso por sua atuação em filmes de faroeste italiano, categoria conhecida também como "spaghetti western". Dois de seus maiores sucessos de bilheteria foram "Uma pistola para Ringo" (1965) e "Os anjos também comem feijão" (1973).

    Sua carreira teve início, no entanto, como dublê, quando chamou a atenção do diretor Duccio Tessari e estreou como ator em 1962 em " Os Filhos do Trovão". No mesmo ano, Gemma atuou na produção "O Leopardo" (1962), de Luchino Visconti. Ao longo de sua carreira ele também chegou a trabalhar com o diretor Mario Monicelli, entre outros grandes nomes do cinema italiano.

    Nos últimos anos de sua carreira, o italiano participou da produção "Para Roma, com amor" (2012), do cineasta norte-americano Woody Allen, que homenageia a cidade italiana.

    Um dos maiores atores do cinema italiano, ele atuou com nomes como Kirk Douglas, Rita Hayworth, Henry Fonda, Klaus Kinsky, Liv Ullman, Catherine Deneuve, Ursula Andress, Senta Berger e Claudia Cardinale, entre outros.

    Gemma conheceu Natália Roberti nas filmagens de "Uma PistolaPara Ringo". Eles permaneceram casados até sua morte, em 1995. O casal teve duas filhas, Giuliana e Vera, sendo que a última também é atriz. Ele era apaixonado pelas artes, especialmente a escultura, e pelos esportes.