Rocinha volta a encenar sua tradicional Via Sacra 

Serão 22 cenas, do batismo à ressurreição de Jesus Cristo, durante três horas

A 21ª da já tradicional Via Sacra da Rocinha volta a acontecer nesta Sexta-Feira da Paixão (29) no dia 29 de Março de 2013, a partir das 20h, com saída do Largo do Boiadeiro. A procissão, que seguirá até a Paróquia Nossa Senhora da Boa Viagem deve ter três horas de duração.

A Via Sacra da Rocinha é uma adaptação livre do livro “O Homem de Nazaré”, de José Maria Rodrigues. Roteirizada e dirigida por Aurélio Mesquita e  produzida pela TV Tagarela mobiliza, durante três meses, moradores e estudantes, mais o corpo de artistas da Cia Roça CaçaCultura.

Apesar de predominar o tema religioso, a encenação tem abordagem reflexiva sobre a cultura e a vida nos dias de hoje. Este ano, a encenação tem como tema a Guerra de Canudos e traça um paralelo entre a chegada da República ao Brasil e o novo momento vivido pelas favelas pacificadas.

Do batismo à ressurreição

A expectativa dos organizadores do evento é que a comunidade pare totalmente para participar do evento. Ao todo, serão 22 cenas, que cobrem desde o batismo de Jesus até a sua ressurreição. Apresentado desde 1992 por uma equipe de 150 pessoas, a céu aberto, nas próprias ruas da comunidade, o espetáculo itinerante mistura religião e realidade e tem atraído anualmente uma multidão para a caminhada de 2,7 quilômetros pelo bairro.

Com texto de José Maria Rodrigues e direção de Aurelio Mesquita, o espetáculo é uma realização da Secretaria de Estado de Cultura (SEC)  e da Companhia Teatral Roça Caçacultura, É patrocinado pela Light e da SEC, através da Lei Estadual de Incentivo à Cultura do Rio de Janeiro. O evento reúne, principalmente, jovens da comunidade interessados na atividade teatral. Este ano, Jesus será representado pelo ator André Martins.