Morre o escritor americano Gore Vidal

O escritor americano Gore Vidal morreu nesta terça-feira, aos 86 anos, em sua casa, em Hollywood Hills, Los Angeles, nos Estados Unidos. Segundo o sobrinho do escritor, Vidal morreu em casa, de complicações de uma pneumonia.

Ele era primo do ex-vice-presidente Al Gore e meio-irmão da ex-primeira dama Jacqueline Kennedy.

Vidal foi autor de obras como Lincoln e Myra Breckenridge. Escreveu 25 romances, ensaios e peças que fizeram sucesso na Broadway, além de roteiros para cinema e televisão. 

Seu terceiro romance, A Cidade e o Pilar, abordou o homossexualismo e escandalizou os críticos quando foi publicado em 1948, mas abriu um novo campo na literatura americana. Abertamente bissexual, Vidal retornou ao tema da identidade sexual 20 anos mais tarde, com a sátira Myra Breckenridge

Alguns de seus livros abordam temas políticos ou a história dos Estados Unidos, traçando o que Vidal chamou de surgimento do império americano, como Burr (1973), 1876 (1976), Lincoln (1984) e A Era Dourada (2000). 

Com agências