Com mais de 400 filmes, 20ª edição do Anima Mundi começa hoje no Rio 

Com mais 400 filmes selecionados, entre eles 80 brasileiros, começa hoje (13), no Rio de Janeiro a 20ª edição do Festival Internacional de Animação do Brasil, o Anima Mundi 2012. O evento, que reúne vários fãs de animação, entre crianças e adultos, vai até o dia 22 na capital fluminense e, depois segue para São Paulo, onde as atividades ocorrerão entre 25 e 29 deste mês.

Segundo os organizadores, a edição, que comemora duas décadas da mostra, contará com uma novidade marcante: sua inclusão no restrito grupo de festivais que podem indicar candidatos ao Oscar de curtas de animação. O prêmio, oferecido pela Academia de Artes e Ciências Cinematográficas dos Estados Unidos, é o mais importante do cinema mundial.

Aída Queiroz, uma das criadoras do festival, destacou que a evolução do evento desde o ano de sua criação, em 2003, é fruto de muito trabalho, dedicação e apoio do público.

“O Anima Mundi já é o segundo maior festival do gênero, atrás apenas do de Annecy, na França, e contabiliza recorde de inscrições. Somente este ano, foram mais de 1,6 mil, o que comprova que esses 20 anos serviram para sedimentar muitas coisas, formar um público para o setor, um mercado de animação no país. Tudo isso é motivo de muito orgulho.”

Além do Brasil, foram recebidas inscrições da França, Alemanha, do Japão, da Polônia, de Portugal, dos Estados Unidos, da Suíça, Dinamarca, República Tcheca, Síria e Tunísia. Entre os convidados internacionais está a diretora inglesa Sarah Cox, que falará sobre o filme que produziu com crianças do mundo inteiro.

Experiente no assunto, a educadora ambiental Elaine Mendonça diz que o Anima Mundi já faz parte do calendário da família. Todo ano, ela confere a programação na companhia de sua filha, Ana Carolina Mendonça, 23 anos, que frequenta o festival desde a primeira edição.

“Sempre vamos juntas porque sou fã de animação. Tanto é que usei filmes do festival como base para a minha especialização em educação ambiental. A linguagem é fácil, universal e geralmente consegue conquistar o público de uma forma muito intensa”, disse.

No Rio de Janeiro, a programação pode ser conferida no Centro Cultural Banco do Brasil (CCBB), Centro Cultural Correios, Casa França-Brasil, Oi Futuro Flamengo, Odeon, Itaú Arteplex e Oi Futuro Ipanema. Em São Paulo, as atividades ocorrem no Centro Cultural Banco do Brasil e Memorial da América Latina. A entrada é gratuita e os horários das sessões podem ser conferidas no site www.animamundi.com.br.