"Vivo no momento atual, mas viajo no tempo", diz Santoro

Rodrigo Santoro é um ator apaixonado. Os olhos do astro brilham ao falar sobre sua mais nova paixão, Heleno, filme de José Henrique Fonseca, que conta com a sua co-produção. O longa é poético, em preto e branco e encantador. Conta a história do jogador de futebol intimamente, sem focar em seu ofício em campo. Em uma rápida conversa com o Terra, no Espaço Unibanco de Cinema, nesta terça (13), entre uma foto e outra com fãs, ele contou porque é apaixonado pelos anos 40 no Rio de Janeiro, sua opinião sobre Heleno de Freitas e seu momento preferido no filme.

"Gosto dos anos 40 desde sempre. Desde que eu comecei a entender o que era essa época. Desde jovem, sempre me fascinou esse universo e acho que sempre foi muito pouco explorado", disse Santoro, que afirmou não saber se gostaria de ter vivido nessa década. "Com o Heleno eu tive a possibilidade de viver nessa época. É uma época muito glamurosa, encantadora, pura. Os valores eram muito diferentes. A gente vive num mundo tão diferente hoje em dia. Não sei o que eu escolheria, não. Acho que como eu tenho essa possibilidade como ator, de trafegar, vivo no momento atual, mas viajo no tempo, quando o personagem exige", explicou.

Sobre Heleno de Freitas, craque do Botafogo e personagem que o fez perder 12 kg, o astro brasileiro é só encantamento. "Ele era acima de tudo apaixonado pela vida. Um homem à merce de suas paixões, que acabava se perdendo, porque era extremamente passional. Tinha um temperamento muito forte e um destempero, um desequilíbro, que dificultava a convivência com as pessoas, mas acho que o Heleno buscava a felicidade. Ele queria se superar o tempo todo, queria uma coisa boa, mas a história dele é muito trágica".

Questionado sobre sua cena preferida, ele desconversa, disse que não tem. "Ah, não tem isso não. Preferido é o momento que esse projeto chegou para mim. Esse é o momento preferido, onde eu tive meu primeiro contato com o heleno, que foi por uma fotografia, onde ele está recuando, parece que vai receber uma bola no peito. Ele parece um bailarino. Eu vi muita poesia naquela foto, fiquei fascinado com a figura dele", encerrou, para poder atender os fãs.