Dani Monteiro enfrenta novos desafios radicais em 'Extremos'

Paulo Ricardo Moreira , Jornal do Brasil

RIO DE JANEIRO - Se a primeira temporada foi puxada, as novas aventuras de Dani Monteiro em Extremos estão ainda mais arriscadas e cheias de adrenalina. Acompanhada do cinegrafista Magoo e da estudante Julia Ericson, a apresentadora se lança em desafios radicais, percorrendo trilhas ou realizando escaladas, na segunda temporada do programa, que estreia nesta quarta-feira, às 22h, no Multishow.

As aventuras estão cada vez mais extremas. A novidade é que o grau de dificuldade aumentou. Estamos enfrentando riscos maiores afirma Dani, que nunca pensou em desistir de uma aventura. Não tem como não completar o percurso que foi estabelecido. Por maior que seja a dificuldade, temos que concluir a aventura, porque geralmente estamos em um lugar longe de tudo e de todos.

O primeiro desafio da nova temporada foi ver, de um ângulo bem diferente e arriscado, a maior cachoeira do mundo, a Santo Angel, com 797 metros de altura, na Venezuela. Para isso, o trio fez um rapel ao lado da queda d'água. A aventura durou dois dias. No caminho, Dani, Julia e Magoo pararam para dormir no meio do penhasco sem barraca. Para piorar, a comida e a água acabaram antes de o trio terminar o percurso.

Quando o desafio é mais extremo, a conquista fica mais saborosa. Assim que passa o perrengue, eu acho graça de tudo diverte-se a apresentadora.

Após o rapel na cachoeira, um imprevisto: o grupo encontrou o rio sem água. O jeito foi concluir o resto do caminho carregando o barco nas costas.

Tudo isso sem dormir direito, carregando mochilas pesadas, cansados e com fome destaca Dani.

Apesar de passar a imagem de uma heroína, que supera qualquer obstáculo, Dani avisa que não é bem assim. Ela garante que tem de medo e chora quando fica diante de situações extremas:

As pessoas acham que sou destemida, mas tenho mais medo do que a Julia. Ninguém imagina quanto isso me apavora. Cada viagem é um desafio diferente, um medo diferente que enfrento.

Na opinião da apresentadora, o maior sacrifício é carregar a mochila pesada. Ela diz que sente dores nas costas.

Minha praia sempre foi praticar esportes. Passava horas no mar fazendo surfe. Mas não fazia academia nem pegava peso. Agora, sinto a necessidade de fortalecer a musculatura para aguentar o tranco.

Ainda esta semana, Dani pretende embarcar para uma nova aventura na Escócia. A viagem depende da reabertura dos aeroportos europeus, devido à erupção do vulcão na Islândia.