Apaixonado por SP, Eagle Eye Cherry toca de novo na capital

Portal Terra

SÃO PAULO - ''São Paulo. Sem dúvida nenhuma, não há lugar melhor para se estar do que aqui'', diz o músico sueco Eagle Eye Cherry em interação com a plateia do show que aconteceu na Via Funchal, em São Paulo, nesta quinta-feira.

Já é a quinta vez que Eagle desembarca em terras brasileiras e ao que tudo indica, São Paulo é um dos destinos preferidos do músico no país.

O show começou com a música Been Here Once Before, depois de meia hora de atraso. Segundo a assessoria da Via Funchal, a chuva que mais uma vez ilhou a capital foi a responsável pela pequena mudança no horário previsto para o início da apresentação.

Eagle, apesar de sueco, até que tem uma leve ginga e prendeu a atenção dos espectadores com sua simpatia. Super à vontade no Brasil, ele já é íntimo de seu público mais fiel. Aliás, pode-se dizer que em SP, os fãs de Eagle são, em sua maioria, pertencentes à tribo que não dispensa uma praia nos finais de semana.

Uma das surpresas da noite foi um dueto (em música inédita) de Cherry com a cantora paulistana Maria Gadú, que também participou da gravação do DVD ao vivo do cantor, há poucos dias, no Rio de Janeiro. Eagle não conhecia o trabalho de Maria, mas recebeu a dica de alguns amigos que são fãs de MPB.

Convidada de honra à parte, a noite seguiu agradável, mas em clima "banho-maria", até que a plateia se empolgou de vez ao ouvir Eagle e sua banda tocarem o hit Falling In Love Again. No final, o músico ainda improvisou um cover de Psycho Killer, dos Talking Heads. E como não poderia deixar de ser, fechou a apresentação com o mega sucesso Save Tonight, que fez a fama do cantor entre os brasileiros. Aí sim, a casa de shows "tremeu", com o público cantando em coro.