Músicas não finalizadas de Michael Jackson podem valer milhões

Portal Terra

SÃO PAULO - Algumas músicas não finalizadas por Michael Jackson, entre elas uma sobre as mudanças climáticas do planeta que ele estava compondo dois dias antes de morrer, podem render milhões de dólares para seus herdeiros.

Alguns experts consultados pelo jornal britâtino Times dizem que essas músicas podem gerar mais dinheiro nos próximos meses do que o ídolo pop arrecadou na última década inteira.

O indiano Deepak Chopra, amigo de longa data de Jackson, contou ao jornal que na última semana o cantor o telefonou empolgado e disse que estava escrevendo algumas de suas melhores canções desde Billie Jean. Na ligação, Jackson pediu ajuda para escrever a letra de uma espécie de "hino verde".

Chopra tocou um trecho da melodia ontem no programa de TV Good Morning America, da rede ABC. Um trecho da letra diz que "as árvores são nossos pulmões, o ar nossa respiração, os rios nossa circulação".

Além das novas músicas, Jackson deixou algumas composições não finalizadas da época em que compôs seu último álbum, Invincible, lançado em 2001.

Como prova de que a morte de um artista pode alavancar as vendas de sua obra, só neste final de semana, as músicas de Jackson ficaram em primeiro lugar em número de downloads em 13 países. O cantor chegou a ficar com 16 posições no top 20 da loja virtual iTunes. Segundo o jornal Times, só no Reino Unido as vendas de álbuns do cantor subiram 8.000% desde quinta-feira.

Adeus ao rei do pop

Os rumores sobre a morte de Michael Jackson começaram a aparecer por volta das 13h (horário de Los Angeles), 17h em Brasília, da última quinta, 25 de junho, quando uma ambulância foi chamada para socorrer o cantor em sua casa, no bairro de Bel Air. Momentos depois da chegada de Jackson ao UCLA Medical Center, o site de celebridades TMZ publicou a notícia de que o cantor havia morrido. Em seguida, o jornal Los Angeles Time confirmou a informação. A morte de Jackson só foi oficialmente divulgada por volta das 15h (19h em Brasília), quando o Instituto Médico Legal da cidade confirmou o falecimento do ídolo pop. O tenente Fred Corral, porta-voz do IML local, disse à rede de televisão CNN que Jackson foi declarado morto às 14h26 (18h26 em Brasília).