Liam Neeson revela discriminação em Hollywood: 'Não seria atriz nem por todo dinheiro'

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Reconhecido como um dos melhores e mais conceituados atores de filmes de suspense, o britânico Liam Neeson, 67, parece não ter problemas para arrumar trabalho em Hollywood. Ele fez dois filmes em 2019 e há pelo menos mais quatro em produção.

Porém, ele reconhece que a vida das atrizes é muito mais complicada. Em recente entrevista à Europa Press, comentou sobre o que seria de sua vida caso ele tivesse nascido mulher. 

"Se fosse mulher não seria atriz em Hollywood nem que me dessem todo o dinheiro do mundo", disparou. Ele revelou que há muita discriminação nesse meio, sobretudo quando as mulheres atingem idade próxima aos 40 anos.

"Vejo mulheres bonitas que, quando já têm uma certa idade, ficam de repente com a cara esticada", disse. 

Entre os sucessos de bilheteria de Neeson, destaque para longas como "Busca Impalcável" (2008), "Esquadrão Classe A" (2010), "Sem Escalas" (2014) e "O Passageiro" (2018).