Monólogo "Arap", com Elias Andreato, aporta no Clube Manouche, com lançamento de sua biografia

O ator Elias Andreato apresentará no Clube Manouche, nos dias 18 e 19 de junho, terça e quarta, o monólogo “Arap”, em homenagem ao ator Fauzi Arap, que deixou a cena no auge para dar espaço ao grande diretor. Nestas duas noites será também lançada no Rio de Janeiro a sua biografia “Elias Andreato, A Máscara do Improvável“, escrita pelo jornalista paulista Dirceu Alves Jr, que estará presente.

Macaque in the trees
Espetáculo solo de Elias homenageia o ator, diretor e dramaturgo Fauzi Arap (Foto: Jady Forte/Divulgação)

O espetáculo mostra a preparação do personagem e de como o artista usa o seu ofício para questionar o seu tempo através da dramaturgia e pensamentos, colocando a arte e a educação como caminho de grandeza para que uma nação exista plena e fortaleça a sua democracia. O espetáculo também investiga o papel da palavra no processo terapêutico, ao lado da importância da arte, no mesmo processo.

Elias Andreato afirma que seu novo projeto é “uma reflexão sobre o nosso ofício e uma declaração de amor ao Teatro. Escrever para mim mesmo, numa postura alquímica de transformação, é tudo que me resta e prezo de verdade. Quem sabe, o subproduto dessa empreitada poderá no futuro, ser útil não só a mim. Mas o que importa é abrir espaço contra a inércia que me vinha dominando”, completa. O projeto tem a direção, o roteiro e a atuação de Elias Andreato, trilha composta por Rafael Gama, desenho de luz de Eder Soares, o projeto gráfico é de Rodrigo Bognar e as fotos são de João Caldas.

Lançamento da biografia de Elias é destaque no evento

Macaque in the trees
(Foto: Divulgação)

O ator e diretor Elias Andreato, de 64 anos, é bastante conhecido no meio teatral. O que poucos sabem são as trilhas percorridas para que o sonho de ser artista se convertesse em realidade. A biografia “Elias Andreato, A Máscara do Improvável” (Editora Humana Letra, R$ 39,00), que tem prefácio da jornalista e atriz Marília Gabriela, mostra que a frágil formação cultural e os golpes do destino pregados até hoje não impediram o artista de testemunhar e protagonizar importantes passagens do teatro brasileiro e ganhar dois prêmios Shell de melhor ator.

Sobre o autor: Dirceu Alves Jr. nasceu em Porto Alegre e vive em São Paulo desde 2002. Formado em jornalista pela PUC-RS, trabalhou no jornal Zero Hora, na revista IstoÉ Gente, colaborou para Bravo!, Claudia e Viagem e Turismo e, desde 2007, é crítico de teatro de Veja São Paulo.

Confira um trecho do espetáculo:

Serviço

Espetáculo: “Arap”, com Elias Andreato

Lançamento do livro: “Elias Andreato, A Máscara do Improvável”, de Dirceu Alves Jr.

Local: Clube Manouche/Casa Camolese (Rua Jardim Botânico, 983, Jardim Botânico, Tel: 3514-8200)

Data e horário: 18 e 19 de junho, terça e quarta, 21h

Ingressos: R$ 60,00 (inteira), R$ 45,00 (com 1 kg de alimento não perecível) e R$ 30,00 (meia) www.eventim.com.br

Duração: 60 minutos

Classificação: Livre

Estacionamento no local (tarifado)



Espetáculo solo de Elias homenageia o ator, diretor e dramaturgo Fauzi Arap


Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade.
Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.
Saiba mais