Don Betto: Entre o soul e a salsa

Um dos precursores da música soul no Brasil, o cantor, guitarrista e compositor Don Betto está comemorando os 40 anos do lançamento do LP “Nossa imaginação”, seu primeiro álbum solo. A data será lembrada hoje durante o show “Don Betto – Do soul ao ser”, no Club Manouche, anexo ao Jockey Clube. O espetáculo terá participações especiais de Carlos Dafé e Donatinho.

Entre os trabalhos mais conhecidos do LP lançado em 1978 pela Som Livre, está “Pensando nela”, que estourou país afora ao ser incluída na trilha sonora da novela “Dona Xepa”, ganhando regravações de Golden Boys, Pedro Camargo Mariano, Fábio Jr. e Claudio Zoli. No repertório desta noite, também estão canções de seu mais novo CD, “Águas do Caribe” (Morgan Music) como “La salsa”, “Navio bucaneiro” e “Rio de Janeiro”, esta última uma homenagem do músico uruguaio que diz ter vivido na Cidade Maravilhosa os melhores anos de sua vida. “Voltar a cantar no Rio é a realização de um sonho. A cidade me deu de tudo, sempre. Entre 1975 e 1981, eu morei no Catete, em Copacabana, no Leblon”, recorda o músico que hoje vive em Sorocaba (SP).

Macaque in the trees
O uruguaio Don Betto celebra 40 anos do primeiro no LP (Foto: Marcelo Morgan/Divulgação)

Vindo do Uruguai, ele chegou o Brasil ainda adolescente, mas trouxe na sua bagagem uma forte influência da música espanhola e caribenha, que foram com o tempo se mesclando com o balanço da soul music e do rythm’n,’blues. Além do trabalho autoral, foi guitarrista na banda de Raul Seixas. Em “Do soul ao ser”, o artista aposta num clima intimista e será acómpanhado no piano por Evandro Rodrigues (que assina a direção musical do show) e pelo percussionista Eber de Freitas. 

-----

SERVIÇO

DON BETTO – DO SOUL AO SER

Club Manouche (Rua Jardim Botânico, 983 - Tel: 3514-8299)

Hoje – 21h - R$ 60, R$ 30 e R$ 40 (levando 1kg de alimento não perecível)