Jornal do Brasil

Cultura

Duas mulheres e o tempo: confira crítica de 'O futuro adiante'

Jornal do Brasil ANA RODRIGUES*, especial para o JB

Estreando na direção de longa-metragem, a roteirista de séries de TV argentinas, Constanza Novick, apresenta a história de amizade de duas mulheres desde a pré-adolescência, passando pela maternidade, carreira, amores e separações. Romina (Dolores Fonzi) e Florencia (Pilar Gamboa) são mulheres realísticas e com vidas familiares muito diferentes. Uma amizade que dá certo não pelas afinidades. A vida de uma seria quase que uma resposta para a da outra, mesmo com as idas e vindas.

Macaque in the trees
Pilar e Dolores, uma amizade que enfrenta o tempo (Foto: Divulgação)

Dividido em três partes, o longa passa da rivalidade romântica e sonhos na adolescência para, anos depois, revelar que Romina está morando com o namorado e um bebê numa casa simples. Florencia aparece depois de um período no México trabalhando como escritora, em busca de refúgio após uma decepção amorosa. A memória da juventude reforça a amizade, mas as inseguranças permanecem numa vida de poucas certezas e muitas surpresas. No terceiro ato, as duas, na casa dos 40 anos, têm filhas quase da mesma idade e outras experiências para compartilhar e confrontar.

Com diálogos afinados e o talento das protagonistas, Novick constrói uma observação autêntica e bem-humorada, de uma amizade com sinceridades que magoam e despertam e alguma farsa que ameniza, mas não cura a dor. Duas mulheres que, na passagem do tempo, têm encontro sempre marcado com a descoberta de seus lugares no mundo.

*Membro da ACCRJ

______________________________

O FUTURO ADIANTE: *** (Bom)

Cotações: o Péssimo; * Ruim; ** Regular; *** Bom; **** Muito Bom



Recomendadas para você