Jornal do Brasil

Cultura

Uma questão de justiça ao mito: confira crítica de '10 segundos para vencer'

Jornal do Brasil FRANK CARBONE*, Especial para o JB

Definitivamente, Éder Jofre é um mito. Uma inspiração para atletas do seu tempo e de hoje. O boxeador precisava de uma biografia e José Alvarenga Jr. topou a parada, com isso trazendo de volta ao ringue um personagem dos mais queridos do nosso esporte. Para tal feito, contou com um aparato fenomenal que inclui fotografia com a grife Lula Carvalho, direção de arte marcante e ótimos efeitos especiais, se empenhando em uma embalagem espetacular. Seu maior acerto, no entanto, talvez tenha também sido seu maior erro: escalar Osmar Prado.

Macaque in the trees
Daniel de Oliveira não é páreo para o genial Osmar Prado em "10 segundos para vencer", longa sobre Éder Jofre (Foto: Divulgação)

Um dos mais extraordinários atores do nosso país, Osmar engole o filme e tudo à sua volta. Ainda que o elenco tenha um ótimo conjunto e que Daniel de Oliveira entregue mais um belo momento, o filme escapa (será?) de ser uma biografia convencional graças à construção invejável de Kid Jofre por Osmar. Kid era pai, mentor, técnico e muitas vezes carrasco do próprio filho, no qual dividia o amor pelo pugilismo e embates emocionantes.

Com 50 anos de carreira e apenas no seu sétimo longa-metragem, Osmar faz de tudo um pouco no filme, provando seu desperdício em estar longe por tanto tempo. Apesar de o protagonismo ser dividido, o olhar do espectador está magnetizado pelo veterano ator. É como um show particular: faz rir, faz chorar, causa raiva, causa admiração, de tudo um pouco. E como as lentes não deixam de segui-lo, criando planos belíssimos para ele (o olhar dele através do vidro). Se existe um tour de force masculino no nosso cinema este ano, pertence a Osmar, que com sua voz embargada no terço final derruba qualquer lutador. Então, sim, o mito do título do texto é Osmar Prado, o dono de 2018.

*Membro da ACCRJ

______________________________

10 SEGUNDOS PARA VENCER: *** (Bom)

Cotações: o Péssimo; * Ruim; ** Regular; *** Bom; **** Muito Bom



Recomendadas para você