Bélgica quer repetir boa atuação. Acompanhe o jogo contra a Tunísia minuto a minuto

MOSCOU - A Bélgica passou bem pelo primeiro desafio: venceu o  Panamá com tranquilidade. Hoje, o duelo é com a Tunísia, que estreou com derrota para a Inglaterra. O técnico da seleção belga, Roberto Martínez, é o responsável por conduzir uma geração talentosa comandada em campo por Eden Hazard ao sonho de um improvável, mas almejado título mundial. 

>> Acompanhe o jogo

A Bélgica tenta não ser mais uma provável candidata ao título a sofrer contra times sem tradição, como já aconteceu com  Brasil, Argentina e Alemanha. Para Martínez, há explicações para isso acontecer.

“Todos têm informação e tecnologia. Antes havia muita diferença. Agora todos os times  são bem treinados e se preparam. E isso diminui as diferenças”, concluiu.

Mesmo confiante, Martínez espera um jogo duro contra a seleção tunisiana e pediu ao seu time para tentar controlar bem a bola, já que o adversário, que não pontuou no Mundial, precisa sair para o jogo em busca de uma vitória. 

“A equipe da Tunísia vai tentar ganhar desde o começo, vai vender muito caro esse resultado. A Tunísia precisa sair para o jogo, tentar ganhar a partida. E por isso acho que vai ser um jogo aberto”, apostou.