CBF avalia entrar com representação na Fifa contra arbitragem

Confederação Brasileira de Futebol vai reclamar contra a não marcação de falta contra Miranda

A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) deve se pronunciar nas próximas horas sobre a arbitragem do mexicano César Ramos e estuda fazer uma representação na Fifa contra o juiz.

A insatisfação é contra a não marcação de falta do meia Zuber no zagueiro Miranda, no lance do gol da Suíça no empate por 1 x 1 com a Seleção Brasileira, nesse domingo (17), em Rostov, pelo Grupo E da Copa do Mundo.

A indignação também é com a Fifa, que avaliou como boa a atuação de Ramos.

A CBF também reclamou de um pênalti no atacante Gabriel Jesus, que teria sido puxado por um zagueiro dentro da área, no segundo tempo. Mas o próprio técnico Tite entendeu ter sido este um lance de interpretação.

>> Fifa avalia que arbitragem de Brasil e Suíça foi correta